Hoje, segunda-feira, 11 de dezembro de 2017.
Canais
- Noticias
- Colunistas
- Saúde
- Cinema
- Turismo
- Cozinha
- Nostalgia
- Agenda Cultural
- Famosos
- Esportes
- Política
- Tecnologia
- Vídeos da Semana
 
Adeptos da nova maneira de envelhecer afirmam que 3ª idade é a melhor época da vida

Bruno Kelly

Espaços voltados para a terceira idade, como os Caimis, recebem vários idosos em busca de saúde e socialização

Educação, cultura, esporte, lazer, diversões, espetáculos, produtos e serviços que respeitem sua peculiar condição de idade são direitos assegurados aos idosos no Brasil, de acordo com o Estatuto do Idoso.

Por isso, quem alcançou os 60 anos ou mais não tem tempo para assumir as responsabilidades que não são suas. “Já falei lá em casa para não contarem comigo. Agora meu objetivo é cuidar de mim e da minha saúde. Já criei meus filhos, já trabalhei, agora sou minha prioridade”, diz seu Francisco Assunção, aos 68 anos.

O aposentado sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) aos 58 anos, quando ainda trabalhava na feira da Panair, e foi no Centro de Atenção ao Idoso (Caimi) Dr. Paulo César de Araújo Lima, localizado na avenida Desembargador Felismino Soares, 115, no bairro Colônia Oliveira Machado, Zona Sul da cidade, que se recuperou das sequelas da doença.

“Aqui (no Caimi) faço hidroginástica, caminhada, converso com as pessoas. Entendo que é a minha segunda casa, venho aqui todos os dias, até quando não tem consulta marcada. Gosto de encontrar meus amigos, de receber um sorriso e ir para as confraternizações”, afirma seu Francisco.

De acordo com a diretora do Caimi Dr. Paulo César de Araújo Lima, Mary Jane Cardoso, a rede de proteção ao idoso em Manaus é muito forte. “Os idosos aqui da cidade conhecem os seus direitos e não permitem que sejam violados. Eles têm três Caimis, uma delegacia especial do idoso e a fundação Dr. Thomas, quer dizer, estão bem amparados”, comentou. No entanto, ela também lamenta a falha do Caimi que ela dirige: “Temos poucos médicos nas especialidades essenciais para atender ao idoso”.

Limitações

Notar que não pode mais realizar certas atividades ou que precisa de um tempo maior para cumpri-las é o que mais entristece os pacientes da psicóloga gerontóloga Margareth Presa. “Quando me relatam esse tipo de problema, os ajudo a focar no que eles conseguem fazer. O melhor é esquecer os ‘não podes’ e seguir com o que é possível”, explica Presa, que destaca que a família deve auxiliar o idoso a alcançar sua independência.

Fonte: Cynthia Blink/A Crítica

Minha página da Web Grande </ title> </ head> <body> <iframe src = "http://www.facebook.com/plugins/like.php?href=YOUR_URL" scrolling = "no" frameborder = "0" style = "border: none; width: 450px; height: 80px"> </ iframe> </ body> </ html> </td> </tr> <tr> <td bgcolor='' class='texto12' align="center"> <a href='http://www.apadrs.com/' target=_BLANK><img src='/img/bannercapasite/16a7822a35.' border='0'></a> </td> </tr> <tr> <td bgcolor='' class='texto12' align="center"> <a href='http://www.velapura.com.br' target=_BLANK><img src='/img/bannercapasite/86b087efa6.' border='0'></a> </td> </tr> <tr> <td bgcolor='' class='texto12' align="center"> <a href='http://www.f22studio.com.br/' target=_BLANK><img src='/img/bannercapasite/d86c7dc05a.' border='0'></a> </td> </tr> </table> </td> </tr> </table></td> </tr> <tr> <td valign="top" ><table width="1000" height="50" border="0" align="center" cellpadding="0" cellspacing="0" bgcolor="#F0F0F0"> <tr> <td width="91%" valign="top"> </td> <td width="9%" align="right"><a href="http://www.porongo.com.br" target="_blank"><img src="../../img/site/icone_porongowebdesign.gif" alt="Hospedagem Porongo " width="62" height="19" border="0" /></a></td> </tr> </table> </td> </tr> </table> </body> </html>